O grande mestre Tom Jobim, um dos maiores ícones da música brasileira, já dizia que é impossível ser feliz sozinho. E isso também se aplica ao âmbito familiar e profissional. 

As relações interpessoais, que representam a forma com a qual você se relaciona com os outros, ditam o sucesso ou fracasso do ambiente familiar e empresarial. Uma casa, onde os parentes não se falam, não pode ser considerada saudável. Assim como uma empresa, com “ruídos” entre colaboradores e chefes, também tende a não apresentar bons resultados.

Dialogar é sempre o melhor caminho para resolver diferenças. Mas conversar, às vezes, é mais difícil e complicado do que parece. Muitas pessoas se fecham em uma “bolha” e não interagem com familiares e colegas de trabalho. Seja por timidez ou porque a rotina não exige tal interação, entre outros motivos complexos – e nestes casos vale um auxílio profissional. 

Só que o mundo corporativo não aceita bem pessoas que não se comunicam. Se você tem um produto ou um serviço é necessário divulgá-lo para vendê-lo, algo que também não é simples diante da infinidade de opções disponíveis no mercado. 

Por causa destas dificuldades, trabalhar em um coworking facilita as relações interpessoais e a exposição da sua marca. Num ambiente compartilhado, inevitavelmente, os empreendedores irão conversar, trocar experiências e indicar contatos, pois o espaço te induz a se desenvolver com os outros coworkers. Diariamente, os empresários estarão lado a lado, reunidos em único lugar, com o objetivo de fechar parcerias e fomentar negócios, entre si ou com terceiros. A relação comercial surgirá naturalmente em um espaço feito exclusivamente para aglutinar marcas de diversos segmentos.

Caso você esteja começando e enfrenta dificuldades para criar uma rede de contatos comerciais, o Maia Coworking está de portas abertas te esperando!

Abrir chat
Precisa de ajuda?
Powered by